tem no suburbio logo branco.png
  • Vic Witsch

Bibliotecas comunitárias suburbanas

Bibliotecas comunitárias, atualmente, cumprem uma função social e cultural de muita relevância nos territórios suburbanos. Através de um projeto participativo, elas ajudam a democratizar o acesso à leitura em locais que tem pouco ou nenhum investimento público cultural.

Biblioteca Comunitária Paulo Freire, Nova Iguaçu | Foto: Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias

O que é e como funciona uma biblioteca comunitária


Normalmente elas são criadas e mantidas por projetos independentes, com o objetivo de ampliar e democratizar o acesso à leitura de uma pequena região. Seu projeto costuma ser participativo, criado por moradores ou frequentadores do bairro e a gestão e o planejamento das ações é realizado coletivamente. A maioria dessas bibliotecas se encontram em áreas periféricas ou de vulnerabilidade social, até como uma resposta à ausência de investimento público em lazer/cultura nas regiões. Atualmente é possível encontrar, usufruir e colaborar com muitas bibliotecas comunitárias através da Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias – RNBC, que é um movimento pela democratização do acesso à literatura e às bibliotecas, sob a perspectiva da leitura como direito humano, com atuação em diversas cidades do território brasileiro.


Essa rede surgiu em 2015 como uma articulação das redes de Bibliotecas Comunitárias incentivadas pelo Programa Prazer em Ler, ação de apoio e incentivo à leitura criada pelo Instituto C&A . Abaixo listamos dois coletivos suburbano que estão na RNBC:

Rede Baixada Literária

Biblioteca Ziraldo, Nova Iguaçu | Foto: Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias

Coletivo da Baixada Fluminense, iniciado em 2010, formado a partir da preocupação de instituições sociais com a manutenção de espaços públicos de leitura em suas comunidades, fora dos limites do centro das cidades, possuem quase 10 bibliotecas.


A rede também se tornou referência e liderança na construção do PMLLLB – Plano Municipal do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas de Nova Iguaçu. Em 2014, a região se tornou o primeiro município do Estado do Rio de Janeiro a ter o plano aprovado, além de ser o único do país com orçamento garantido em lei.


Para conhecer todas as bibliotecas que fazem parte da rede é só acessar https://rnbc.org.br/redes/rede-baixada-literaria-rj/

Tecendo uma rede de leitura

Espaço Literário Balaio da Leitura, Duque de Caxias | Foto: Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias

Coletivo de Duque de Caxias, criado em 2013, compartilha experiências e atividades, trabalhando em conjunto para ampliar o direito à leitura, formar leitores e contribuir para a formação e implantação de políticas públicas de acesso ao livro e à leitura na região.


Atualmente, possuem mais de 5 espaços literários, para conhece-los acesse https://rnbc.org.br/redes/tecendo-uma-rede-de-leitura-rj/

Além dessas, existem também muitas bibliotecas comunitárias espalhadas por bairros suburbanos, que não fazem parte da RNBC e não estão organizadas em rede, como é o caso da Biblioteca Marginow:

Jessé Andarilho, criador do coletivo Marginow, na Biblioteca Comunitária Marginow | Foto: @jesseandarilho

Criada em 2020, pelo coletivo Marginow, uma iniciativa criada pelo escritor Jessé Andarilho, que promove ações e eventos culturais, que procura mostrar as favelas cariocas por outros ângulos, dando visibilidade aos artistas marginalizados, para valorizá-los e mostrar a importância da representação dessas realidades.


A biblioteca foi realizada em Antares, Santa Cruz, aproveitando o espaço de um antigo posto policial desativado com a estrutura de uma banca de jornal, que foi levada até o local. O projeto se sustenta através de doações e contou com a ajuda de alguns escritores periféricos.


Para conhecer e/ou colaborar acompanhe as redes sociais do projeto https://www.instagram.com/bibliotecamarginow


Referências:


Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias: https://rnbc.org.br/

Baixada Literária: https://www.instagram.com/baixadaliteraria/


Tecendo uma rede de leitura: https://www.instagram.com/tecendoumarededeleitura/


Biblioteca Marginow: https://www.instagram.com/bibliotecamarginow/